Por favor, aguarde
Carregando...Impercid

Olá, seja bem vindo ao nosso site!

Uberlândia / MG

Bairro Santa Mônica

(34) 3236-7900

Atendimento

Notícias

Setor da construção civil é líder de acidentes de trabalho em Imperatriz

Geral

Setor da construção civil é líder de acidentes de trabalho em Imperatriz

Empresas são obrigadas a fornecer equipamentos de segurança. De janeiro até setembro deste ano já ocorreram 406 acidentes.

03/11/2014 - 14:00

O setor da construção civil continua sendo líder de registros de acidentes de trabalho no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís. De janeiro até o mês de setembro deste ano, já ocorreram 406 acidentes. Por isso, para que os operários possam se prevenir dos riscos de uma obra é necessário o constante uso de equipamentos de proteção individual, também conhecidos como EPIs.

De acordo com o presidente do Sindicato da Construção Civil, Wanderson Moreira, é de inteira responsabilidade da empresa, que executa as obras, fornecer os EPIs. Ele afirma que no momento da admissão, os trabalhadores precisam passar por um treinamento, que é exigido por lei.

"A empresa é obrigada a fornecer equipamento de proteção individual aos trabalhadores. No momento da admissão desses trabalhadores eles devem passar por um treinamento de admissão com carga horária de seis horas. Esse treinamento visa, justamente isso, a orientação do trabalhador quanto ao uso do EPI, quanto a sua utilização e posteriormente ser feito, também, periodicamente para que possamos assim está minimizando os riscos de acidentes de trabalho", explica.

Com o fim do ano se aproximando, o número de construções residenciais e reformas têm aumentado. A procura pelos equipamentos de proteção também. Para o empresário e dono de uma loja do gênero, Reinaldo Lima, o operário que não quiser sofrer nenhum tipo de acidente precisa investir em equipamentos essenciais como luva, óculos e capacete para a sua própria segurança. “A luva, o óculos e o capacete são básicos. Têm que ter. O cinto de segurança também”.

As normas regulamentadoras também conhecidas como NRs dão orientações sobre procedimentos relacionados à segurança do trabalho. Ao todo são 36 NRs, e antes de iniciar uma obra é importante entender o que cada uma significa.

Autor: Daensystem

Fonte: Google Notícias

Data: 03/11/2014 - 14:00

Categoria: Geral

Compartilhe: